Como identificar a mulher ideal para casar




mulher para casar
Nos dias de hoje, não é nada fácil achar uma boa moça para se casar. Casamento é algo sério, e se você escolher a mulher errada, pode acabar com sua vida, então tenha muito cuidado ao escolher uma parceira para a vida toda.

Caso tenha encontrado uma namorada interessante, mas está em dúvidas se deve levar essa relação para outro nível, veio ao lugar certo. Temos algumas excelentes dicas para você avaliar uma moça para se casar.

Que te fortaleça financeiramente


Muitas mulheres são pródigas por natureza, elas torram todo dinheiro que tem, e não satisfeitas elas também torram a grana do seu parceiro, o que pode acabar virando uma grande bola de neve no futuro. Preste bem atenção no comportamento da sua namorada quando a questão for seu dinheiro, porque no final das contas você pode acabar sem os dois.

Busque uma mulher que tente te auxiliar economicamente e te ajude na construção de seu império, são essas que fazem com que homem dedicados sejam bem sucedidos. Um ponto bem importante sobre a personalidade de mulheres que gastam dinheiro como se não houvesse amanhã, é que quando acaba a grana, geralmente acaba o amor, então fuja de qualquer uma que se enquadre nesse perfil e evite encrencas.

Que saiba fazer tarefas domésticas


Não caia nesse papinho de feministas, qualquer mulher de valor que se preze sabe fazer tarefas domésticas sim. Você pode até ter capital para empregadas, jantares em lugares finos, mas o problema é que moças que não gostam ou não aprenderam a fazer afazeres domésticos geralmente só querem sombra e água fresca de mão beijada, e isso pode se tornar um grande problema no futuro.

Muitas dessas moças também querem se encarregar de funções do homem na relação, e isso pode acarretar em chatissímas discussões. Para um relacionamento fluir bem, uma mulher deve ser submissa e estar sempre tentando agregar e agradar o seu companheiro, isso não é machismo, é biologia, tentar quebrar valores e tradições carregados no DNA apenas por teimosia não é algo muito sensato.

Que não seja baladeira


Garotas baladeiras, dessas que vivem postando fotos em eventos cheias de hashtag nas redes sociais, definitivamente não encaixam nessa categoria de "mulheres para casar". O fato é simples, elas amam baladas e emoções, e provavelmente não se acostumarão com o estilo de vida de casada.

Esse tipo de moça geralmente até deve gostar da ideia do casamento, mas mais pelo espetáculo em si do que pelo significado. Também devemos ressaltar o fato de que mulheres baladeiras costumam ser bem rodadas, e a menos que você não se preocupe com isso, evite.


mulher para casar

Uma mulher que tenha a mesma sintonia que você


Imagine você que é pobre, mas trabalhou e estudou a vida inteira e conseguiu seu lugar ao sol, virou advogado e agora tem bastante dinheiro e um bom estilo de vida. Se casar com uma moça do mesmo nível que você, mas que sempre teve grandes recursos, não é algo muito recomendável, grandes divergências geralmente acontecem muito nesse tipo de relação.

Esse papo de que "os opostos se atraem" pode até ser verdade, mas com o passar do tempo os opostos entram e colisão e isso pode acabar destruindo seu relacionamento. Procure uma mulher que entenda seu mundo, sua cabeça, seus valores, etc, e seja compatível com isso.

Mulher sem filhos


Casar com uma mulher com filho é uma verdadeira enrascada, elas geralmente fazem de tudo para conquistar um homem, porque elas sabem das dificuldades de arrumar um companheiro nessa situação, mas isso é uma mascara. A atenção dela será dividida com um filho que não é seu, e ela geralmente sempre fará as coisas pensando mais nele.

Além disso, compartilhar seu espaço e dinheiro com uma criança que não é seu não é sua não é muito legal, e quando ele estiver na puberdade as coisas podem ficar realmente chatas. Muitos desses se rebelam e não aceitam acatar ordens dos seus padrastos, que são os homens da casa.

Sexo


Ela pode até fazer sexo no primeiro encontro, mas se não tiver ocorrido uma grande química, e você não ter precisado de jogo de MUITO cintura para isso, é recomendável dispensar. Isso porque mulheres promíscuas querem mais e mais, e da mesma forma que foi fácil para você, pode ser fácil para outro cara.

Se você for um cara que gosta de sexo, então arrume uma companheira na mesma sintonia, e mesmo que essa mulher não seja muito experiente, é importante que ela esteja aberta a novas experiências e se empenhe em fazer o melhor para te dar prazer. Se no namoro ela já estiver inventando dores no corpo, cabeça, e desculpinhas esfarrapadas, fique atento, porque no casamento será bem provável que essas greves de sexo sejam ainda maiores.

Relacionamento com seus conhecidos

Sua esposa obviamente entrará em contato com todo seu círculo, e ela não precisa ficar conversando com geral, mas é importante que ela se de bem com seu pessoal. Por mais que ela no fundo não goste da sua galera, família, etc, uma boa esposa tenta manter um pouco as aparências para agradar seu companheiro, e se ela não está disposta a trazer harmonia para sua vida, repense nas coisas.

E uma mulher que trata mal os conhecidos de um rapaz, automaticamente está desrespeitando ele, corte esse mal pela raiz.

Idade

Mulheres mais jovens são ótimas para casamento, mas geralmente elas não são meio imaturas, então a menos que você não queira bancar o papai de alguém, evite. As mais velhas são interessantes, elas sabem como fazer um relacionamento fluir bem, e costumam não trazer dores de cabeça, mas fique atento se a idade dela for muito alta.

O auge de uma mulher é antes dos 30, e depois desse ponto, sua beleza começa a ir embora, enquanto homens tem seus auges nos 40 anos. Se a diferença entre vocês for gritante, pense bem no futuro, a menos que você queira ser babá de uma vovó, corra de mulheres muito mais velhas que você.


---


Por mais que algumas dicas soem absurdas para alguns, casamento é coisa séria, e todo cuidado é pouco. Não tenha pressa, observe bem quem está ao seu lado, e tente ver se ela é uma mulher para vida toda, muitas vezes o sentimento pode falar mais alto, mas casamento é mais do que sentimento, envolve racionalidade, e a menos que você não queira viver os mais diferentes tipos de universo, use sua cabeça para escolher bem sua esposa.

26 comentários:

  1. Que nojo esse artigo ridículo, podre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deves gostar muito de política ou estàs fora do radar

      Excluir
    2. Concordo!! Lixo de post... nem terminei de ler

      Excluir
    3. Deve ter te afetado de alguma forma né mesmo Lolita.

      Excluir
    4. Deve ter te afetado de alguma forma né mesmo Lolita.

      Excluir
  2. Que nojo esse artigo ridículo, podre

    ResponderExcluir
  3. Kkkkkk 100%, é isso ae...essa é a pegada!!!

    ResponderExcluir
  4. Kkkkkk 100%, é isso ae...essa é a pegada!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo com tudo, exceto com "uma mulher deve ser submissa". Acho que entendi o que queriam dizer, mas o termo usado não foi adequado, da uma olhadinha nisso, por favor. Uma pessoa pode ser agradável sem precisar se anular na relação. Uma mulher submissa pode ser insegura, ignorante e não ter opinião própria. Que valor uma mulher assim agrega ao homem? Não seria melhor uma mulher que tenha opinião própria, seja inteligente, porém, seja honesta para admitir quando estiver errada? Isso não é submissão, é humildade. Vocês querem uma esposa ou um fantoche que faz tudo o que é mandado? Como você terá certeza de que ela está fazendo algo por você "porque te aprecia" em vez de "porque te teme"?

    Olhem as feminazis que disseram que a postagem foi ridícula ou machista. Elas não tem argumentos. Feministas são mulheres submissas às ideias do feminazismo, não pensam por conta própria e só obedecem ao "dogma" delas. Entenderam agora o que é submissão? É uma obediência cega.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher tem que ser submissa. Creio que você tem uma vida errado d que é ser submissa. A mídia e as feministas manipulam as mulheres fazendo elas creem que submissão é algo horrível, humilhante, inescrupuloso, etc, e isso não tem nada a ver. Agora a mulher tem que saber arrumar um bom homem, pra não parar com um cafajeste e achar que todos não prestam.

      Excluir
  6. Submissão, no meu entender, é uma mulher que escolhe um homem admirável, não egoísta, compromissado, respeitador, amoroso, cuidador, delicado, fiel, e decide se colocar à disposição dessa pessoa para decisões difíceis onde os dois não estão em acordo, confiando que seu homem tomará uma decisão racional e melhor para ambos, jamais sem pensar primeiro no bem estar dela e portanto levando em consideração seus anseios e temores, mas sempre refletindo e se reportando à realidade. Mas sabemos que homens assim não são fáceis de conseguir... mas são os ideais. Duas pessoas independentes não fazem uma relação duradoura, o ponto de cisão está sempre à espreita. Se há dois, um sempre será o líder e nenhuma mulher quer um homem que não respeite ao ponto de se sentir segura de segui-lo. Segundo a Bíblia, o amor e perfeita união são uma mulher que admira, respeita e quer seguir a liderança do homem escolhido, que por sua vez viverá tendo como objetivo agradar à sua mulher amando-lhe acima de qualquer outro interesse humano, inclusive a religião, mas ambos tendo Deus como soberano sobre tudo e todos. Isso é a perfeita união e performance do conhecimento/logos (Deus) com o racional (homem) e a emoção (mulher). Mas tem gente que prefere procurar na "balada", onde sempre estão os maiores filósofos e entendedores da vida, claro! Interessante seu pensar e maneira de se expressar, Lunna. Eu diria, usando suas próprias palavras, que vc é uma mulher que "agrega valor", rs. Ah... vc disse tudo, quando diz que a mulher perfeita é a mulher humilde... O homem humilde também é o ideal, obviamente. E mais uma coisa... Não se "manda" numa mulher humilde, não há necessidade porque ela é sábia... E submissão não é uma relação de poder, mas de estratégia. Se submete quem percebe espertamente percebe que se dará melhor assim... O segredo é achar o homem merecedor do privilégio, e detentor da possibilidade, de fazê-la feliz e honrá-lo seguindo-o.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bela resposta! Como mulher, é automático se ofender com o termo "submissão", mas eu acredito que nosso entendimento do termo está errado. Se seguir um homem honrado é ser submissa eu não vejo problema algum, muito pelo contrário. O difícil é encontrar tal homem.

      Excluir
    2. Tragam um Oscar pra esse homem ... Muito bom !! Parabens pela resposta sabia

      Excluir
  7. já passei por uma rija, até hoje não consigo perceber se foi real ou não, ela disse-me que a idade era o motivo. só depois de 1 ano e 3 méses. o mais engraçado foi quando tive uma decaída gritante no meu negócio!!!! quid uis?

    ResponderExcluir
  8. já passei por uma rija, até hoje não consigo perceber se foi real ou não, ela disse-me que a idade era o motivo. só depois de 1 ano e 3 méses. o mais engraçado foi quando tive uma decaída gritante no meu negócio!!!! quid uis?

    ResponderExcluir
  9. já passei por uma rija, até hoje não consigo perceber se foi real ou não, ela disse-me que a idade era o motivo. só depois de 1 ano e 3 méses. o mais engraçado foi quando tive uma decaída gritante no meu negócio!!!! quid uis?

    ResponderExcluir
  10. Eu gostei do do artigo. Pra mim a mulher não deve ser submissa, no aspecto de aceitar tudo como, por exemplo, o cara passar a noite na farra e ela ficar em casa pronta para amar incondicionalmente; mas deve ser submissa no que diz respeito a não ser uma feminista de galocha, simplesmente ser mulher: deixar algumas vezes o sujeito escolher alguma coisa para ao menos ter um pouco de autoestima.
    Tenho uma prima que ganha bem e quer sempre mandar na relação: foba por ter boa educação, dinheiro, carro de tal marca... Todos os homens que tentaram algo sério com ela caíram fora... Já tá entrando nos 40 e tem rumo de morrer só

    ResponderExcluir
  11. Gostei do artigo, embora uns achem machista, ele descreveu um perfil de esposa para passar a vida toda.
    Pense nos avós que estão juntos há anos e ainda felizes, a vovó se enquadra perfeitamente no perfil do post. Parabéns!

    ResponderExcluir